Braços - Imagens e Informações

Nesse meio tempo muitos fabricantes de braço de alto nível se consolidaram e ganharam bastante visibilidade. A roda rodou.
Exatamente,quiseram exclusividade e acabaram é perdendo uma boa fatia no mercado,por anos meu sonho foi um braço SME 309 ou o 312,mas agora que minha fissura com analógico passou a vontade de ter tais braços tbm,feliz demais com meu Jelco.................
 
Exatamente,quiseram exclusividade e acabaram é perdendo uma boa fatia no mercado,por anos meu sonho foi um braço SME 309 ou o 312,mas agora que minha fissura com analógico passou a vontade de ter tais braços tbm,feliz demais com meu Jelco.................
A Jelco sempre fabricou excelentes braços . Até nosso saudoso RP II era provido por um modelo deles .
 
A Pro-Ject lançou recentemente uma nova linha de braços para toca-discos que serão vendidos separadamente dos toca-discos:


Edmar


Bom dia ✌️


É um ótimo mix! Os tops dela, por conhecer, o SME V vejo como minha referência.

Infelizmente só posso ler ... gostaria de ver suas interações com as capsulas.

Consegui, ao longo dos anos, com os diversos modelos de braços SME e capsulas ouvir ... conhecer suas limitações e virtudes.
 

Korf Audio TA-SF9R tonearm​

1702068965240.png

1702069036450.png

1702069079361.png

1702069118774.png

1702069174292.png

Pivoting gimbal tonearm with removeable headshell
Effective length 229 mm
Pivot to spindle distance 214 mm
Offset angle 22°
Effective mass without headshell 18 g
Effective mass with HS-A02 headshell 28 g
Horizontal axis bearing Flexure pivot
Vertical axis bearings Ceramic hybrid rolling bearings
Armtube material Stainless steel
Headshell connector Ortofon/SME/JIS type
Balance type Static
Minimum mass of headshell and cartridge combination 10 g
Maximum mass of headshell and cartridge combination 35 g
Cable connector 5 pin MDIN, male
Internal wiring Cardas
Mounting types JIS/Linn (min. Ø28 mm hole), SME
Mass without headshell and mounting collar, max 350 g

Mais detalhes:




Edmar
 
Mas então Edmar, a distorção máxima do 3012R é 28% menor que a do 3009R.
0,64 (3009R) - 28% dá 0,46 (3012R).

Muita gente defende que os braços de 9" pro serem mais curtos vibram menos. Se não me engano, o engenheiro responsável pela Sat, Marc Gomez, é um desses. Mas será que para além das medições, dá para ouvir?
 
Muita gente defende que os braços de 9" pro serem mais curtos vibram menos. Se não me engano, o engenheiro responsável pela Sat, Marc Gomez, é um desses. Mas será que para além das medições, dá para ouvir?
Difícil resposta, Caio.
Nunca ouvi um 3012.
Já ouvi um 3010 e não notei diferença alguma em relação ao 3009. Até tive a oportunidade de comprá-lo, mas desisti.
O 3009 foi o modelo mais fabricado pela SME.
 
Muita gente defende que os braços de 9" pro serem mais curtos vibram menos. Se não me engano, o engenheiro responsável pela Sat, Marc Gomez, é um desses. Mas será que para além das medições, dá para ouvir?
@Caio

O que posso te dizer é que, se for apenas o comprimento do tubo que varia, as diferenças são:
- Tubo de menor comprimento: Menos vibrações passadas para a cápsula, maior distorção de tracking (tracking error) e menor massa efetiva;
- tubo de maior comprimento: Mais vibrações que afetarão a leitura da cápsula agulha, menor distorção de tracking e maior massa efetiva.
A massa efetiva está ligada a cápsula que você vai utilizar. Os outros dois fatores, tracking error e vibrações dependerão do gosto de cada freguês.
Se um braço tem o tubo já bastante imune à vibrações e a massa efetiva atende à cápsula que se deseja utilizar, então o tracking error é preponderante na escolha. Caso contrário, acredito que o tubo menor, seria a minha escolha, se a massa efetiva me atender.

Edmar
 
Com o fim da Jelco, a Ortofon conseguiu uma nova fabrica para confeccionar os seus braços e reeditou o A-212 e o famoso A-309 - que agora são seguidos de um "R". Estes braços haviam sido descontinuados, ainda na época da Jelco, e deram lugar à época ao TA-110 e ao TA-210 (descontinuados agora).

 
Um vídeo do Michael Fremer (trackingangle.com) sobre o lançamento do braço de toca-discos TechDas Air Force 10. A novidade nesse braço é que ele tem uma suspenção a ar para o movimento pivotado horizontal do braço. O movimento vertical é através de um rolamento de tungstênio e cerâmica.


Edmar
 
Esse é só para os abastados . Só fiquei feliz em ver que a luminaria é exatamente a mesma que uso aqui ..
:ROFLMAO::ROFLMAO::ROFLMAO::ROFLMAO::ROFLMAO::ROFLMAO:
@Jose Ricardo
E põe abastado nisso! Deve ser um braço na casa dos 100mil dólares.
Mas o importante é que há evolução em um assunto que se julgava morto a uns 15 anos atrás.
Estão investindo pesado na área! Vide as inúmeras feiras pelo mundo.
Bom para nós, um dia, essa tecnologia estará menos inacessível para nós mortais e deve sobrar alguma coisa acessível. Anos atrás, falar em braço de fibra de carbono no tubo do braço, prato de cerâmica, cantilever de boro eram inacessíveis.

Edmar
 
@Jose Ricardo
E põe abastado nisso! Deve ser um braço na casa dos 100mil dólares.
Mas o importante é que há evolução em um assunto que se julgava morto a uns 15 anos atrás.
Estão investindo pesado na área! Vide as inúmeras feiras pelo mundo.
Bom para nós, um dia, essa tecnologia estará menos inacessível para nós mortais e deve sobrar alguma coisa acessível. Anos atrás, falar em braço de fibra de carbono no tubo do braço, prato de cerâmica, cantilever de boro eram inacessíveis.

Edmar
Análogo a fórmula 1, muitas das tecnologias hoje comum nos carros, foram introduzidas nos carros de fórmula 1 e eram caríssimas.
 
Um braço novo na praça:
Ele é unipivot mas, diferente dos unipivot tracionais onde o pivot se conecta com o braço verticalmente, esse unipivot se conecta com o braço pelo lado Sideways Unipivot Point (SUP). O nome do braço é SUPATRAC Blackbird
View attachment 13517

View attachment 13518

View attachment 13516

Nesse vídeo (em 6min28seg) o Michael Fremer entrevista bem divertida com o projetista:

Nesse vídeo tem uma reportagem da afHi-Fi : https://www.hifiaf.com/supatrac-blackbird-updated/ lá tem um vídeo explicativo do mecanismo usado no pivot:


P.S.: achei o site do fabricante: https://supasound.com/
Edmar

The Supatrac Blackbird Farpoint—A Tonearm Like No Other​


1708906563275.png

Dando seguimento às informações referentes à esse braço, segue abaixo o link do teste feito pelo Michael Fremer desse braço. Eis um trcho das conclusões do teste:

"Cleanliness, organization, clarity, sense of musical flow, unrestrained dynamics, bass extension, control and freedom from "overhang", transient delicacy, and especially a complete lack of mechanical artifacts and exceptional "traceability" separate this arm from most others. Every visitor to my room, not fed any pre-digested hype from me you can be sure, every one of them went bonkers! That's the only word to use."

Ou

"Limpeza, organização, clareza, senso de fluxo musical, dinâmica irrestrita, extensão de graves, controle e liberdade de "saliências", delicadeza transitória e, especialmente, uma completa falta de artefatos mecânicos e "rastreabilidade" excepcional separam este braço da maioria dos outros. Cada visitante do meu ambiente, não alimentado por nenhum conceito pré-concebido de minha parte, você pode ter certeza, todos enlouqueceram! Essa é a única palavra a ser usada."

....e termina com:

"...the Supatrac Blackbird Farpoint is unique in design, unique in its mechanical interaction with the groove, and unique in its remarkable, effortless and explosive sonic performance. I hope you get to hear one soon."

Ou

"....o Supatrac Blackbird Farpoint é único em projeto, único em sua interação mecânica com o sulco e único em seu desempenho sonoro notável, fácil e explosivo. Espero que você ouça um em breve."


Edmar
 
Back
Top